Projeto Novo - Projeto Rio Maior
O final de ano por aqui foi de muito trabalho, recheado de projetos novos! Descubra o Projeto de Rio Maior, uma moradia completa.
Descobrir
TENHA A CASA COM QUE SEMPRE SONHOU
Cada projeto Pistacho é único. Valorizamos a criação de ambientes práticos e funcionais que sejam aconchegantes e acolhedores. Os nossos projetos são criados de acordo com as necessidades e desejos do cliente. Não espere mais, vamos criar a sua casa de sonho!
Aprenda a decorar a sua casa de sonho!
Já está nas livrarias o livro da Bárbara Dias! No livro encontra dicas fundamentais que o vão guiar no processo de decorar a sua casa de sonho. Se precisar de ajuda extra não hesite em contactar-nos!
Compre já o seu

Como ter uma cozinha mais minimalista

O minimalismo é um estilo de decoração em que a simplicidade predomina. Para criar um ambiente minimal, deve despojar-se dos excessos, de objetos e peças de mobiliário que considera não terem utilidade, focando-se apenas no essencial. Deste modo, obterá uma divisão mais prática e funcional. E agora pergunta-me? “Mas Bárbara, qual é a vantagem de ter uma cozinha mais minimalista?”. Bem, na verdade, ao eliminar da sua cozinha elementos que considera desnecessários, estará a contribuir para a maximização e aproveitamento do espaço. O facto é que as habitações apresentam divisões cada vez mais pequenas e, a cozinha não é exceção. A maioria de nós utiliza a cozinha diariamente. Evidentemente que o uso que fazemos dela, não é igual para todos. O volume da família ou o tempo que passamos em casa, são alguns dos fatores que ajudam a ditar o tempo que despendemos nesta divisão. No entanto, esta é das divisões da casa que exige mais funcionalidade e praticidade, para que as tarefas consigam ser realizadas fluidamente, sem necessidade de correrias e tropeções constantes, correto?

Posto isto, achei que seria uma ótima ideia apresentar-vos algumas dicas de como ter uma cozinha mais minimal! Existem inúmeras vantagens! Desde o visual mais clean e arejado, à funcionalidade, aos tons claros que a ajudam (e muito!) a valorizar o espaço, enfim… Podia estar aqui uma tarde!

Atualmente, alguns dos elementos mais comuns numa cozinha minimalista são: os tons neutros, o armazenamento simples e discreto, que a permitam “esconder” todos os utensílios e eletrodomésticos atrás de portas ou armários, linhas limpas, muita luz natural, espaço livre, ordem, eventualmente alguma planta (desde que seja um apontamento ou outro) e pequenos eletrodomésticos.

Aqui ficam algumas sugestões mais concretas de como transformar a sua cozinha, num espaço minimalista. Espero que estas dicas a ajudem!

Armazene os pequenos eletrodomésticos
Use os seus móveis de arrumação para armazenar pequenos eletrodomésticos, que não usa com regularidade. Vou dar alguns exemplos! Torradeira, usa todos os dias? Se não, gaveta! Máquina de waffles? Ao fim-de-semana, para os miúdos? Gaveta! Espremedor de laranjas? Para almoços, ao domingo ou, esporadicamente, quando faz um bolo? Gaveta! E por aí adiante. O ideal é seguir esta lógica com todos os pequenos eletrodomésticos, que tenha em casa. Deixe apenas a máquina de café, na bancada, por exemplo.

Prateleiras: Fechadas ou abertas?
Claramente, prateleiras abertas não são uma boa opção. Como já referi, no minimalismo deve esconder tudo o que puder, de modo a criar um ambiente mais clean. Estantes abertas propiciam o sobre carregamento do espaço, possibilitando ver pilhas de pratos, copos, especiarias, acumulação de poeira, entre outros. Opte antes por prateleiras fechadas.

Especiarias e Temperos
Não deixe especiarias e temperos (como óleo, azeite ou vinagre), próximos do fogão. Opte por colocá-los num armário, próximo do fogão, de modo a que estejam próximos de si, sempre que precisar deles enquanto cozinha.

O que realmente precisa?
Esta é um excelente exercício, para fazer aí em casa. Questione-se! Abra as gavetas e questione-se! Tem uma airfryer e já não dá uso às frigideiras? Tem uma Bimby e já não sente necessidade em ter tantas panelas? Tem uma máquina do pão, mas não a usa? Tem um aeroccino, mas as manhãs são tão corridas que acaba por não lhe dar uso? Após fazer este exercício com o que tem em casa, livre-se do que já não usa. Quando refiro “livre-se”, não me refiro a deitar fora, estamos em tempos de vacas magras e não é bom gerar desperdício! Dê a alguém que ache que precisa. Mas certifique-se de que, em sua casa, mantém apenas o necessário, para si.

Espero que tenha gostado do conteúdo que criámos para si. Se houver algum tema que gostasse de ver abordado aqui no blog, deixe-o nos comentários!

Até breve!!

Copyright 2023 © Pistacho. Criado por Agência Riz.
pt_PTPortuguese